7 passos para alcançar sua independência financeira revendendo semijoias

Ser independente financeiramente revendendo semijoias não é difícil. Produtos que causam desejo e que estão relacionados com a beleza, estão entre os primeiros dos mais vendidos dessas listas de pesquisa que vemos sair em sites de notícias todos os dias. Mas para alcançar o sucesso é importante seguir alguns passos fundamentais.

A independência financeira é uma das metas de vida da maioria das pessoas. Mas as vezes não é possível se chegar a esse objetivo somente com um trabalho que forneça apenas um salário fixo por mês. O segredo é ter atitude. Fazer algo para melhorar a sua situação econômica só depende de você! Confira a seguir, 7 passos para alcançar sua independência financeira revendendo semijoias:

  1. Defina o seu público-alvo

A primeira coisa é determinar o seu público alvo. É muito importante saber quais o estilos das mulheres que serão a suas clientes para saber o que oferecer a elas. Talvez não seja possível abranger todos os gostos, mas procure sempre seguir o que é tendência e tenha uma variedade de peças, assim, será sucesso certeiro!

  1. Escolha bem seus fornecedores

Ter bons fornecedores é essencial para que você tenha sucesso com o seu negócio. Por isso, busque um fornecedor que preze pela qualidade e que seja mais do que um simples abastecedor, mas sim, uma empresa que te ajude e que esteja aberta a renegociar quando você precisar.

  1. Entenda suas despesas

Você compra para revender, encontra peças com preços acessíveis e fica feliz da vida porque vai conseguir vender um determinado brinco, por exemplo, por R$ 50,00 a mais do valor original. Mas está esquecendo de algo muito importante, as suas despesas: taxas, custo de embalagem, custo para envio e outras coisinhas mais. Por causa dos custos extras o ideal é sempre revender pelo dobro do valor original, ou seja, se custou R$ 100 venda por R$ 200. E se for dar a opção de descontos e parcelamento daí a porcentagem referente ao valor inicial da peça deve aumentar, não se esqueça disso!

  1. Tenha a sua marca

Quem compra gosta de ter uma referência, saber de onde o produto veio, se foi feito na China ou no Brasil e de qual marca é. Normal, né? Todos somos assim! Quem compra para revender, geralmente negocia direto com o fabricante, aliás, é o mais correto. Comprando diretamente com quem fabrica você pode colocar sua marca no produto. Assim, você ganha credibilidade e poderá ser encontrado mais facilmente por outros consumidores depois. Portanto, tenha uma marca, pense em um nome bacana e, mãos à obra!

  1. Partindo para as vendas

Quando se vende qualquer coisa é importante ter uma loja física ou muita disposição e tempo para vender por meio do famoso porta a porta. Mas com o avanço da tecnologia, ficou mais fácil vender mesmo sem ter um estabelecimento. Você pode revender suas peças pelo Whatsapp, por exemplo. Pode criar uma página nas redes sociais (Facebook e Instagram) para expor suas semijoias, e também pode investir para ter o seu próprio site de vendas.

  1. Como cobrar?

  • A hora da cobrança é um momento delicado, pois é a hora da finalização da compra, portanto, é importante ter mais de uma forma de pagamento (dinheiro, cartão de crédito ou débito);
  • Você também pode dar a opção de depósito bancário, mas atenção: só envie as peças após a comprovação de que o depósito foi feito;
  • Só aceite cheque de quem tem o nome limpo, o ideal é receber esse tipo de pagamento de quem já é seu cliente há algum tempo;
  • Procure também, dar algumas facilidades como, descontos e parcelamentos;
  • E jamais venda fiado ou poderá ficar no vermelho!
  1. Tenha uma meta

Para alcançar a sua independência financeira revendendo semijoias você precisa ter um objetivo. Além de seguir todos os passos anteriores é importante saber onde se quer chegar, ou seja, você quer faturar 30 mil por mês, 300 mil por ano? Determine um valor, tenha uma meta e trabalhe muito para conquistá-la. E quando você conseguir bater essa meta, aí sim, você terá alcançado a sua independência financeira.

Gostou das dicas? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

 

 

Receba Novidades

Inscreva-se em nossa newsletter