Vendas pelo WhatsApp: saiba como fazer de forma eficiente

O WhatsApp revolucionou a forma como nos comunicamos pelo celular. Ele misturou a praticidade das redes sociais com o envio de SMS e facilitou a vida de muita gente. Mas, se já ajudou tanto o usuário comum, por que não usá-lo de forma profissional?

Vendas pelo WhatsApp têm se tornado cada vez mais comum. O cliente fornece seu número, recebe promoções e pode esclarecer dúvidas diretamente com o vendedor pelo aplicativo. Isso vai facilitar muito sua vida como revendedora de joias, por exemplo ― torna-se muito mais fácil avisar sobre uma nova coleção e marcar visitas.

No entanto, como qualquer veículo de comunicação e negociação, é preciso ter regras que beneficiem ambos os lados. Confira nossas dicas:

Defina seu horário de atendimento

Não é só porque a negociação acontece pelo WhatsApp que significa disponibilidade 24 horas. Ter um horário comercial para seu atendimento pelo aplicativo vai permitir que você consiga separar o trabalho do descanso. Além disso, permite respostas mais rápidas ― imagine clientes enviando mensagens ou efetuando ligações pela madrugada e, depois, reclamando da demora para responder. Deixe bem claro seus horários.

Evite o envio de vídeos e áudios

Esses recursos costumam fugir da proposta e exigem mais tempo e atenção do usuário. Ele vai ter que parar para baixar, ouvir ou assistir o que foi enviado. Além disso, podem fugir da proposta inicial: você tem certeza de que o vídeo e o áudio são essenciais para a efetuação das vendas pelo WhatsApp ou esclarecimento da dúvida do seu consumidor?

Saiba que essas mídias exigem maior consumo de dados do usuário, e pode ser que ele não faça o download.

Certifique-se de que seus contatos querem receber o conteúdo

É bem inconveniente receber conteúdos que não são de seu interesse, não é verdade? Portanto, é importante que aquele número de WhatsApp seja exclusivo para clientes que forneceram seus dados com interesse em promoções e novidades. Caso tenha dúvidas, envie uma mensagem padrão com linguagem profissional perguntando se ele deseja continuar recebendo atualizações sobre seu negócio.

Capriche nas fotos (mas não exagere no envio)

Para vender joias e semijoias, por exemplo, você deve caprichar nas fotos. Elas vão ser a maneira mais prática de atrair clientes e mostrar toda a beleza das suas peças. É essencial que as imagens valorizem as peças e que sejam tiradas com uma câmera de qualidade. Para deixar tudo ainda mais profissional, trate as imagens em programas como o Photoshop.

No entanto, não exagere nos envios. O cliente usa o WhatsApp com outros objetivos e vai se sentir incomodado ao receber propagandas a todo o momento. Também não envie várias fotos de uma vez (a não ser que ele solicite), pois pode lotar a memória do aparelho.

Converse sempre de forma profissional

Há quem pense que as vendas pelo WhatsApp devem ter a mesma linguagem informal que aquela de uso comum no aplicativo. Assim como ocorre nas redes sociais, telefone e no atendimento presencial, é necessário manter o profissionalismo. Utilize-o como ferramenta de trabalho e não mantenha conversas de outro cunho, para que não haja confusão.

Envie mensagens com cautela

Da mesma forma que ocorre com as imagens, o exagero de mensagens pode ser mal interpretado. Deixe que o cliente tenha tempo de procurar por você. Se ele se sentir incomodado com o excesso de mensagens, pode bloquear seu número ou acusá-lo de spam ― e ninguém deseja isso, não é verdade?

Efetuar vendas pelo WhatsApp traz benefícios tanto para o consumidor quanto para o vendedor. Portanto, não deixe de usar esse recurso para revender suas joias. Ofereça o recurso ao seu cliente, mantenha a linguagem profissional e envie promoções exclusivas ― mas sem deixar o profissionalismo e a parcimônia.

Entendeu como fazer boas vendas pelo WhatsApp? Tem mais alguma sugestão? Deixe seu comentário aqui no post!

Total
25
Shares

Receba Novidades

Inscreva-se em nossa newsletter