Como limpar semijoias e por que elas escurecem?

Você sabe como limpar semijoias da maneira correta? Tem ideia do por que elas escurecem com o tempo? Sabe quais são as diferenças entre esse produto, as joias e bijuterias? Essas e outras dúvidas são comuns entre as clientes e é essencial que você, enquanto revendedora, saiba as respostas para orientá-las da melhor forma possível.

Afinal, adquirir conhecimento sobre o produto que você comercializa e ensinar as melhores formas de garantir a durabilidade deles é essencial para ganhar a confiança das suas clientes — que ficarão satisfeitas com as peças e, provavelmente, vão comprar novamente ou recomendar seus produtos para outras pessoas.

Por isso, neste post, vamos explicar tudo sobre o processo de escurecimento das semijoias e qual a melhor forma de limpá-las para retardar esse processo. Não perca!

Por que as semijoias escurecem?

Não é à toa que a revenda de semijoias é um negócio que faz tanto sucesso. Afinal, esses são os acessórios com o melhor custo-benefício: não são tão caros quanto as joias, mas têm uma qualidade bem superior à das bijuterias.

Isso é possível por causa da forma como as semijoias são fabricadas. Elas não são feitas com metais nobres maciços, assim como as joias, que têm altíssima durabilidade. São produzidas com metais comuns, como o latão, e revestidas com metais nobres — geralmente ouro, prata e ródio.

O escurecimento das semijoias, até mesmo as de alta qualidade, é um processo natural: a camada de metal nobre fica o tempo todo em contato com o ambiente, sofrendo reações físicas (como os arranhões causados pelo atrito com outros objetos) e químicas (como a oxidação e a corrosão) que afetam a aparência e a durabilidade das peças.

Quais fatores influenciam o processo de escurecimento?

A oxidação é um processo químico natural que deixa os metais escurecidos e com a aparência turva. Ela acontece quando o metal entra em contato com o oxigênio, presente tanto no ar, quanto na água. Todos os metais oxidam: alguns mais rápido, como a prata; outros mais devagar, como o ouro e o ródio.

Apesar de esse ser um processo natural, existem alguns fatores que podem acelerá-lo. Além disso, se não forem tomados os cuidados necessários, a peça pode entrar em estado de corrosão — que é quando o metal é deteriorado de forma irreversível.

Conheça, a seguir, alguns elementos que aceleram o escurecimento das semijoias:

Ácido úrico

Esse ácido, que acelera a oxidação dos metais, está presente no suor. Algumas pessoas liberam mais ácido úrico que outras, por isso as peças do mesmo fabricante podem escurecer rápido em algumas clientes e em outras não.

Poluição

Se você e as suas clientes moram em grandes cidades, saiba que a poluição do ar também pode ser culpada pelo escurecimento das suas semijoias. O gás carbônico, o dióxido de enxofre e outros gases poluentes também aceleram a oxidação dos metais.

Produtos químicos

Elementos químicos presentes em produtos de limpeza e em cosméticos também podem alterar quimicamente as semijoias e prejudicar a sua aparência e durabilidade. Por isso, retire os acessórios antes de manusear esses produtos e, depois de aplicar algum cosmético, espere alguns minutos antes de colocar as semijoias.

Como limpar semijoias sem danificá-las?

Como vimos, a oxidação das semijoias e o seu consequente escurecimento é um processo natural e inevitável — e isso ocorre mesmo nas peças de alta qualidade. Entretanto, alguns cuidados retardam esse escurecimento e aumentam a durabilidade dos acessórios.

A limpeza é um desses cuidados, e é sobre ela que as clientes mais têm dúvidas: qual é a forma correta de limpar as semijoias, sem danificá-las? Quais produtos podem ser utilizados?

Pensando nisso, reunimos algumas dicas de como limpar as peças para que elas fiquem brilhantes e conservadas por muito mais tempo:

Use uma flanela seca para polir as semijoias

Uma maneira simples de limpar as semijoias é utilizar apenas uma flanela, totalmente seca. Pode ser algum outro pano, desde que seja bem macio, para não arranhar o metal.

Então, basta fazer o polimento das peças, esfregando-as cuidadosamente com a flanela por alguns minutos. Apenas esse procedimento já traz um resultado incrível e devolve instantaneamente o brilho natural.

Oriente as suas clientes a repetir esse processo sempre que usar os acessórios, antes de guardá-los. Isso vai retirar o excesso de sujeira, suor, gordura e outros resíduos, evitando que eles fiquem impregnados nas peças e acelerem a oxidação.

Utilize uma solução de água com sabão neutro

Mesmo com o polimento periódico das peças, é importante fazer uma limpeza mais profunda com regularidade, para retirar qualquer resquício de sujeira que tenha ficado preso nas semijoias. Para isso, oriente as suas clientes a utilizarem apenas água e sabão ou detergente neutro.

A limpeza pode ser feita de diferentes formas. Uma possibilidade é lavar as peças em água corrente e esfregá-las com o sabão, delicadamente. Para isso, a dica é utilizar uma escova com as cerdas bem macias — isso é muito importante para evitar arranhões. A escova facilita, especialmente, a limpeza das peças com pedrarias, porque alcança as regiões mais difíceis.

Outra possibilidade é deixar as semijoias mergulhadas em uma solução de água com sabão neutro por alguns minutos e depois enxaguá-las. Peças com aplicações de pedrarias não devem ficar submersas, por isso, é melhor usar o procedimento anterior ou esfregá-las delicadamente com uma flanela embebida na solução.

Para finalizar, use outro pano totalmente seco e coloque as semijoias em um lugar ventilado. É importante certificar-se de que elas perderam toda a umidade antes de guardá-las.

Considere produtos específicos para limpeza de semijoias

Além dessas orientações, é importante que você saiba que existem produtos específicos para a limpeza das semijoias. Eles são uma opção segura para a higienização das peças, já que foram desenvolvidos especialmente para isso, mas a limpeza com sabão neutro e água — como já mencionamos — é igualmente eficiente!

Como vimos, as semijoias escurecem ao longo do tempo de uso devido a um processo natural chamado de oxidação. Mas é possível, sim, retardar esse escurecimento com alguns cuidados simples. Agora que você aprendeu como limpar semijoias corretamente, já pode ensinar as suas clientes para que elas fiquem ainda mais satisfeitas com os seus produtos!

Quer saber tudo sobre a revenda de semijoias? Assine a newsletter e receba todas as nossas dicas na sua caixa de entrada!

Total
75
Shares

Receba Novidades

Inscreva-se em nossa newsletter