Saiba como calcular margem de lucro do seu negócio

Ser revendedora de semijoias é uma ótima oportunidade de negócio, mas para alcançar a tão sonhada independência financeira é preciso ter organização, principalmente sobre as finanças do negócio. Uma das formas básicas de controlar as finanças é aprender a definir e calcular margem de lucro — e ser capaz de avaliar se suas vendas têm sido realmente rentáveis.inda sim, é muito comum encontrar pessoas que deram início a um negócio mas ainda têm muitas dúvidas sobre o tema. Se esse é o seu caso, não se preocupe! Aprenda agora como calcular margem de lucro e tenha mais controle sobre suas vendas!

Afinal, o que é margem de lucro?

A margem de lucro nada mais é do que quanto dinheiro sobra da venda de um produto depois que pagamos todos os custos que tivemos para adquiri-lo e vendê-lo. Então, se você pagou R$ 10 em um anel de prata e vendeu ele a R$ 20, sua margem de lucro foi de R$ 10.

Isso é o que chamamos de lucro bruto. Você considera seus custos variáveis com a venda de um produto, desde o momento que o adquire em um fornecedor até a entrega para o cliente. Você pode incluir nos seus custos variáveis:

  • despesas com transporte até a casa dos clientes;
  • despesas com alimentação no período que estiver fora de casa;
  • despesas para participar de algum evento, feira, coquetel ou reunião;
  • despesas com reuniões que você organiza em casa.

Não esqueça de listar todos os seus custos variáveis antes de definir o preço das suas peças e a margem de lucro que pretende alcançar com suas vendas. Lembre-se que qualquer valor que ficar de fora pode representar um prejuízo para você.

Como definir a margem de lucro dos seus produtos?

Podemos definir uma margem de lucro para cada peça vendida, assim como podemos fazer esse cálculo para o negócio como um todo. É importante que você defina uma margem de lucro para cada caso, assim é possível ter uma ideia mais clara de como seus preços impactam o faturamento total.

Nós falamos aqui sobre o lucro bruto, mas não é somente ele que você deve levar em consideração na hora de fazer as contas. Dependendo do tamanho do seu negócio, você deve levar em conta também o lucro líquido, que nada mais é do que as suas despesas fixas.

Para fazer esse cálculo, você pode considerar as taxas da máquina de cartão, bem como as contas de água, luz e telefone.

Depois de definir todas as suas despesas fixas, é hora de fazer o cálculo. Para ajudar, exemplificamos de uma forma prática.

  • Valor pago em um anel: R$ 10.
  • Custos variáveis da venda: R$ 5.
  • Custos fixos da venda: R$ 2.
  • Preço vendido: R$ 20.

O primeiro cálculo a se fazer é o do lucro bruto. Para isso, vamos utilizar a seguinte fórmula:

Lucro bruto = preço de venda – custos com a venda

Lucro bruto = R$ 20 – R$ 15

Lucro bruto = R$ 5

Agora que você já descobriu o lucro bruto, é hora de avaliar o lucro líquido. Para isso, vamos usar a seguinte fórmula:

Lucro líquido = lucro bruto – custos fixos

Lucro líquido = R$ 5 – R$ 2

Lucro líquido = R$ 3

Como definir a margem de lucro do negócio?

Como dissemos, calcular a margem de lucro dos produtos é diferente de calcular a margem de lucro do negócio. Para isso, temos que olhar o todo e trabalhar com períodos maiores.

Vamos supor que você queira definir a margem de lucro baseando-se no período de 30 dias. Você precisa somar todo o seu faturamento naquele mês e subtrair todas as suas despesas fixas e variáveis.

  • Lucro mensal: R$ 6 mil
  • Despesas variáveis e fixas: R$ 2 mil

Margem de lucro = R$ 6 mil – R$ 2 mil

Margem de lucro = R$ 4 mil

Para transformar esse número em um percentual e ter uma ideia mais exata da situação do seu negócio, é preciso fazer outra conta. Siga o exemplo a seguir:

  • Margem de lucro = R$ 4 mil
  • Lucro mensal = R$ 6 mil

Margem de lucro = margem de lucro / lucro mensal

Margem de lucro = R$ 4 mil / R$ 6 mil

Margem de lucro = 0,66 x 100 = 66%

Seguindo esse exemplo, a lucratividade do negócio seria de 66%.

Por que calcular a margem de lucro do seu negócio?

Saber exatamente quanto sobra para você e para a empresa é uma forma de não se iludir com números altos. É muito comum novos empresários não fazerem esse tipo de avaliação e acabarem colocando a saúde financeira do negócio em risco.

Ver R$ 6 mil entrando no caixa pode encher os olhos e fazer com que você pegue um pouco para pagar a escola do seu filho, mais um pouco para pagar o cartão de crédito e assim por diante. No fim, faltará dinheiro para fazer novos investimentos, cobrir custos de revenda ou renovar o estoque.

Além do mais, avaliando a lucratividade você consegue analisar se está cobrando o preço certo por suas peças ou se pode fazer mudanças.

Qual é a margem de lucro ideal para seu negócio?

Para encontrar uma margem de lucro ideal, é preciso levar algumas coisas em consideração. Você deve avaliar o quanto gostaria de receber, mas também tem que saber o quanto as pessoas estão dispostas a pagar pelo seu produto.

Não há como praticar preços exorbitantes e se colocar fora do mercado. Por isso é importante trabalhar com materiais de qualidade e sempre buscar um diferencial.

Esse diferencial pode ajudar você a cobrar um pouco mais caro pelos seus produtos e fazer com que as pessoas realmente achem que vale a pena investir um pouco a mais no que você oferece.

Outra forma de aumentar sua lucratividade é diminuindo seus custos. Sempre que possível, faça uma avaliação do que realmente faz a diferença nas suas vendas e descubra se alguma etapa pode ser pulada ou se é possível economizar e manter a qualidade.

Viu como calcular margem de lucro é mais simples do que você imaginava? Para manter as contas em dia, anote todas as vendas, os preços (de compra e venda) e fique atenta aos seus custos variáveis e fixos. Assim é possível manter os pés no chão e gerar um lucro verdadeiro para seu negócio e ainda manter a qualidade e o bom atendimento às suas clientes!

Se você gostou dessas dicas, assine nossa newsletter e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Total
12
Shares

Receba Novidades

Inscreva-se em nossa newsletter