Banho de ródio: o que é, para que serve e mais!

Enquanto revendedor de joias, você pode se deparar com muitos clientes com dúvidas em relação ao que é o banho de ródio, tão recomendado por profissionais da área. Eles podem querer saber se é necessário, o que esse procedimento faz e até se o ródio é um metal confiável.

Assim, separamos neste post, as dúvidas mais comuns que seus clientes podem ter em relação a esse processo. Falaremos sobre sua duração, o motivo de investir em algo assim e a relação entre ele e o ouro branco. Se interessou? Então, acompanhe!

O que é o banho de ródio?

Como o próprio nome sugere, o banho de ródio acontece quando uma determinada peça, normalmente feita de materiais preciosos, recebe uma camada do metal em sua parte externa. Esse banho pode ser dado também em semijoias e garante um melhor acabamento da peça. O ródio vem da família da platina e é considerado um metal precioso.

Para que ele serve?

Como mencionado, o ródio vem para dar um melhor acabamento ao acessório. Quanto a isso, podemos entender que, ao receber o banho, a peça terá uma camada protetora contra desgastes naturais. Isso além de proteger contra riscos e manchas. Na parte estética, por ser um material extremamente brilhoso, o ródio deixa a joia com um brilho extra e mais bonito.

Quanto tempo dura?

Infelizmente, o banho de ródio não é eterno, logo, pode ser necessário que a peça passe pelo processo novamente. Seu tempo de duração pode variar de acordo com a qualidade do banho e frequência com que a joia é usada.

Um bom exemplo é pensar em um anel de noivado. É uma joia usada todos os dias pela mulher, mesmo antes do casamento. Como a maioria mantem o anel no dedo após o casamento, a joia fica muito em contato com situações de dano. O normal é que a camada rodinada dure, em peças assim, por um tempo de aproximadamente dois anos.

Qual é a importância de um investimento em banho de ródio?

Como o banho de ródio é algo que precisa ser renovado de tempos em tempos, a resposta para essa dúvida é especialmente pessoal. O hábito comum é o de dar esse tipo de banho naquelas peças pelas quais se tem um carinho especial. Por exemplo anéis de casamento, presentes de datas importantes e joias de família.

Qual a diferença entre o acabamento rodinado e o ouro branco?

Muitos clientes não sabem que o ouro branco, com aparência prateada, que vemos em joalherias não existe. Saber explicar esse fato para um consumidor pode ser a hora em que acontece a conversão. Isso porque o comprador verá que você entende do assunto e confiará nas informações que você dá.

Para que uma boa joia de ouro chegue a uma certa cor de metal usa-se 75% de ouro puro, amarelo, e mistura-se com 25% de outros metais de outras cores. No caso do ouro branco, esses 25% vieram de metais brancos, como o paládio.

Ainda pode ficar a dúvida sobre a coloração prateada que ele apresenta, e é aí que entra o banho de ródio. Depois que o ouro é misturado com os outros metais brancos, a peça ainda fica relativamente amarelada. Isso porque o branco vai somente clarear o amarelo. Após receber o banho, a peça fica com a camada brilhosa e o tom prateado ao qual estamos acostumados.

Agora que você sabe as respostas para as principais dúvidas em relação ao banho de ródio, ficou muito mais fácil informar seus clientes sobre o assunto e conseguir uma venda bem-sucedida, baseada em conhecimento e qualidade de produto.

Gostou do post e quer fazer parte do grupo de pessoas que trabalha com joias? Então, entre em contato conosco para ser um revendedor!

Total
44
Shares

Receba Novidades

Inscreva-se em nossa newsletter