6 erros em vendas que você não pode cometer

Cometer alguns enganos na vida é normal (afinal, errar é humano), mas cometer erros em vendas pode colocar em risco todo o sucesso do seu negócio. Um simples deslize em sua rotina de vendas é capaz de prejudicar o faturamento no final do mês e, consequentemente, os hábitos financeiros da sua família.

Pensando em evitar que isso aconteça, separamos neste post os 6 principais erros em vendas que você não pode cometer. Ficou interessada? Então, confira!

1. Não ter conhecimento sobre o produto

Para vender bem um produto é necessário que você tenha todos os conhecimentos que o envolvem. Por exemplo como saber as características da peça, o que ele representa e seus elementos técnicos. Assim, você vai conseguir identificar as suas vantagens em relação aos concorrentes e passar confiança ao cliente.

Outro motivo pelo qual você deve saber tudo sobre o produto é que isso ajuda na hora de vendê-lo. Ou seja, com todas as informações armazenadas em sua cabeça, seu discurso de venda será mais natural, transparente e convincente.

2. Não dar espaço para o cliente falar e esclarecer suas dúvidas

Existem alguns problemas relacionados a não dar espaço para o cliente falar. Porém, o maior deles é correr o risco de não conseguir resolver um problema que esse cliente tinha na hora que escolheu o seu serviço. Se isso acontecer, a chance de perder a venda e um consumidor será grande.

É preciso saber ouvir tudo o que cliente tem a dizer, desde o início de seu processo de compra. Com base em todas essas informações, torna-se possível oferecer as soluções que ele precisa.

Outro erro ligado a não ouvir o cliente é falar mais que o necessário. É certo que você deve saber falar sobre o produto e conseguir, por meio das palavras, persuadir o cliente. Porém, falar demais pode passar a impressão de desespero, chatice e até de ser invasivo. Portanto, tome cuidado com a forma que se comunica.

3. Não dar os valores corretos dos produtos

Quando os consumidores procuram os seus serviços ou produtos e um preço X é informado durante a conversa, é muito importante que esse valor seja mantido — se não, diminuído.

Isso é importante porque, para o cliente, é decepcionante ter uma expectativa de custo-benefício e, ao fim da conversa, ela não ser correspondida.

Um exemplo fácil para entender: vamos supor que você revende semijoias e vai encontrar uma cliente que está interessada em um conjunto que inclui brinco, anel, colar e pulseira. Ao encontrá-la, você diz o preço e a convence da compra. Porém, na hora do pagamento, informa que aquele valor não inclui o anel, pois ele não faz parte do conjunto.

Esse tipo de situação pode frustrar a cliente, já que ela não contava com um custo a mais para obter todas as peças que foram oferecidas desde o início. Por isso, é bom que você evite essa prática se quiser fidelizar clientes.

4. Não falar a verdade sobre o produto

Outra coisa que deve ser evitada a todo custo é mentir para o cliente em relação ao produto em si. Nunca exagere sobre as funções do produto e nem diga que ele é feito de um material que não é. Seja muito sincero com o cliente. Sempre. Afinal, de nada adianta vender o produto como algo milagroso se o consumidor vai, inevitavelmente, descobrir que não é nada disso.

Ao ser sincero e falar a verdade sobre o produto, você tem mais chances de ganhar a confiança do seu cliente. Inclusive, pode até trabalhar o seu marketing pessoal ao vender. Assim você demonstra que é uma profissional confiável e que se coloca no lugar de quem compra, preferindo ser verdadeira em vez de vender a qualquer custo.

5. Não fazer o pós-venda

Muito se engana quem acha que as vendas acabam assim que o cliente paga pelo produto ou serviço e vai para casa com aquela expressão de satisfação. Na verdade, é justamente a partir desse momento que devem ser feitos os maiores esforços de fidelização do consumidor.

Um vendedor que não faz um bom pós-venda — ou mesmo nenhum — corre um grande risco de nunca mais ver aquele cliente. Dessa forma, precisa contar exclusivamente com novos clientes mês a mês.

Por isso, após seu cliente pagar pelo produto e estiver satisfeito com a compra, é hora de focar em manter contato. Pergunte se ele ficou feliz com todo o processo de aquisição, convide-o para deixar uma opinião em seu site, se esse for o seu caso. Além disso, ofereça outros serviços para que ele tenha uma experiência de compra mais completa.

Ao fazer direitinho essas etapas, o consumidor se sentirá importante, querido e valorizado por você, o que aumentará as suas chances de vender novamente para ele.

6. Não ir atrás da sua cartela de clientes por conta própria

No tópico anterior explicamos que, ao deixar de fazer o pós-venda, você correrá o risco de depender exclusivamente de novos clientes. Isso não é de todo ruim, pois a função dos vendedores também inclui atrair novos clientes além dos que já foram fidelizados.

Apesar disso, um dos maiores erros em vendas é assumir uma postura passiva, ou seja, esperar que o cliente chegue até você sem que haja um esforço da sua parte para isso. Entenda que a atividade de um vendedor envolve sempre a busca de novos contatos e o relacionamento com novos — e antigos — clientes.

Por essa razão, coloque em sua rotina o hábito de visitar a casa de pessoas que ainda não fazem parte de sua cartela. Dessa forma, levando seus produtos para essas pessoas conhecerem, você terá a possibilidade de conquistar um novo cliente.

Você também pode usar os contatos de seus clientes já existentes para conseguir os novos. Pergunte se eles conhecem alguém que poderia se interessar pelos produtos que você vende, para então entrar em contato com essa pessoa.

Evitando esses 6 maiores erros em vendas, as suas chances de ser bem-sucedida em uma venda serão bem maiores, além de contribuir para que os clientes voltem a procurar os seus serviços quando precisarem.

E você? Gostou do post? Então, aproveite a visita em nosso blog para ler o artigo “7 dicas para organizar a sua rotina de trabalho e ser mais produtivo” e aplicar os ensinamentos desses dois posts em sua jornada como revendedora ou revendedor!

Total
52
Shares

Receba Novidades

Inscreva-se em nossa newsletter